Outros países, outras cozinhas

6 minutos

No mundo

Em todo o mundo, as mais diversas culturas moldam a moradia. Cada continente, cada país surpreende com soluções individuais para desafios típicos. Estas diferenças são particularmente evidentes nas cozinhas deste universo. A pesquisa de necessidades internacionais sobre o aproveitamento de cozinhas e móveis é, portanto, um departamento elementar da Blum. Até agora, 681 observações de uso foram realizadas em 33 países. Os resultados contribuem para desenvolver produtos e serviços customizados para todos os mercados.

ME19632157_AA_FOT_FO_BAU_#SALL_#AMC_#V1
“Somente quando sabemos o que os usuários desejam é que podemos desenvolver soluções para móveis de cozinha – e, aliás, para todos os mercados de todo o mundo.”

Cozinha seca & úmida

Na Ásia, usa-se muito óleo para cozinhar, o que causa sujeira e odores. Por isso, algumas famílias têm duas cozinhas separadas. Convidados só vêem a “cozinha seca”, porque o cozimento e as frituras propriamente ditos acontecem na “cozinha úmida”.

Mão ou máquina

Em muitos países, por exemplo na Finlândia ou na Rússia, tudo é em geral lavado e enxaguado manualmente. Nessas cozinhas, muitas vezes logo acima da pia, há um armário com escorredor, onde a louça seca fica fora do campo de visão.

Masala ou merlot

A culinária indiana utiliza inúmeras especiarias e dispõe, para isso, de um recipiente especial para armazená-las (masala dabba). Na França, por outro lado, o armazenamento horizontal dos vinhos tem alta prioridade, de preferência em uma adega (armoire à vin) ao lado da prática extensão de baguetes.

Forno ou vapor

Europeus procuram em vão um único aparelho em uma cozinha chinesa: o forno. Na China, são empregadas panelas a vapor de bambu ou aço inox. Em uma cozinha norte-americana, por outro lado, fornos muito grandes são instalados porque um peru inteiro tem que caber neles para o Dia de Ação de Graças.

pap_image_all_l_1_blum114156
pap_image_all_l_1_blum114156

A gás, grill ou elétrico

As vantagens de um fogão a gás são valorizadas na Ásia e na França, enquanto que os alemães preferem cozinhar em um fogão elétrico com placa vitrocerâmica ou de indução de fácil limpeza. Em Gana, apesar das cozinhas modernas, alguns pratos são tradicionalmente preparados ao ar livre em uma churrasqueira a carvão.

Fresco ou em estoque

Enquanto na Ásia as pessoas compram produtos frescos no mercado, os europeus gostam de estocar. Isto resulta em diferentes exigências de espaço disponível na cozinha. As despensas mais amplas são encontradas na Austrália e Nova Zelândia – provavelmente há menos compras devido às grandes distâncias.

Mínimo ou máximo

Na China, as cozinhas são projetadas de forma minimalista, porque geralmente há muito pouco espaço disponível. Em outros países, como na África do Sul, por exemplo, cozinhas de até 50 metros quadrados não são uma raridade. Elas são o ponto de encontro mais importante para a família e os amigos.

Kimchi ou gelo picado

O kimchi é um prato nacional da cultura coreana. É consumido com tanta abundância que vale a pena adquirir um refrigerador especial. Por sua vez, refrigeradores extragrandes independentes com dispenser de gelo e água são uma característica dos EUA.

pap_image_all_s_1_blum123218
pap_image_all_s_1_blum123218

Você também pode se interessar por isto